24 de jan de 2012

Parabéns para você? Não. Por que?

É sempre educado agradecer os parabéns em seu aniversário e agradeço.

Entretanto....

Não posso aceitar passivamente os parabéns.
Não posso.

Mas vamos, ao que eu quero me dar de presente após este aniversário.

Preciso resolver questões há anos e não resolvo. Há pessoas esperando por uma resolução.

Preciso amar mais ao próximo. Ir além de levantar situações e divulgá-las. De que adianta ver, falar e nada de fato fazer?

Preciso aprender a obedecer quando preciso.

Preciso reaprender a ouvir e depois responder.

Preciso começar tudo que inicio.

Rever os amigos, fazer novos e desejar feliz aniversário para eles.

Quero viver com razão suportada pelo coração, e assim, poder fazer como um teólogo da Igreja Ortodoxa Russa citado pelo Rubem Alves: Não há mais nada a fazer. Era hora de se entregar inteiramente ao deleite da vida: ver os cenários que ele amava, ouvir as músicas que lhe davam prazer; ler os textos antigos que o haviam alimentado. Acrescento que mesmo avançando em várias coisas, continuarei trabalhando, vivendo os momentos que devem ser solitários e também aqueles em comunidade.

Um comentário:

Anônimo disse...

Nossa, isso sim é que é uma reflexao!!! É isso ai! Assim que nos tornamos pessoas melhores em minha opniao!